S.E.C. Móveis

Madeira de Demolição

O uso de madeiras de demolição é tendência em decoração de interiores, arquitetura e design. O aspecto envelhecido das peças e o fator ambiental intrínseco têm conquistado cada vez mais adeptos.

A madeira de demolição tem história. Recuperada de construções abandonadas, fazendas e fábrica, após receber o tratamento de restauração, transforma-se em bancos, mesas, pisos, janelas, vigas, aparadores, e uma infinidade de peças. Em muitos casos, a cor original da madeira é conservada

Atualmente, as espécies de madeira de demolição mais encontradas são de cerejeira, canela, pinho- de-riga e peroba rosa. Boa parte dessas madeiras já estão extintas comercialmente.

As madeiras são "tratadas pelo tempo" e sofrem um efeito de estufa natural, o que impede retração, empenamento e ataque de cupins. Até chegar ao mercado, pode receber acabamentos diferenciados. Pode ser clareada, esbranquiçada, escurecida, ebanizada.

Além de evitar o tombamento de outras árvores, o que seria inutilizado recebe nova vida e forma.

Transforma-se Demolição em Arte!